A vida como um Estudante de Direito

Dicas-de-direito

Enquanto todos nós já ouvimos falar um pouco sobre os estudos de direito na universidade, seja através da família, amigos ou filmes, é difícil saber o que ele realmente faz envolver – e não há nenhuma escassez de histórias, desde os mais precisas para a absolutamente fantástico. Este artigo deve desmascarar alguns mitos, confirmar alguns e certifique-se de que você sabe o que você está assinando até para quando você preencher o formulário de inscrição! Ele também inclui um pouco de conselhos para ajudar a estabelecer em lei de vida de estudantes que pouco mais rápido. A lei é um grande assunto para estudar na universidade, mas tem seus desafios: aqui está o que você pode esperar.

1. Há um monte de leitura.

Apenas para chegar a um assustador para fora do caminho primeiro, é difícil explicar o quanto a leitura de um diploma de direito envolve, além de dizer que há um monte de livros de dicas de direito! Estudantes de direito de obter uma reputação de marcação de ponto o horário de funcionamento da biblioteca, pois a cada semana você precisa aprender o que a lei realmente é e acadêmicos com opiniões de que a partir do zero, e nenhum destes será particularmente curto. Não é definitivamente uma arte de gerenciar as listas de leitura e você vai ter todos os conselhos que você precisa de alunos mais velhos, quando você chega, mas faz exame de algum tempo para se acostumar com o ritmo de aprendizagem.

O que disse, até o final de seu primeiro mandato, você não vai acreditar como rapidamente você pode pegar os temas-chave de um artigo ou encontrar as passagens importantes de um caso. Basta estar pronto para o inevitável longas noites quando você precisa ficar até obter através de uma infindável lista de leitura. Eles fazem acontecer, mas eles são (quase) apenas como comum, como você quer que eles sejam; você nunca mais trabalho do que é possível fazer se você administrar o seu tempo. A auto-imposição de uma agenda para a obtenção de ler, além de quaisquer outras atribuições tiver sido definido, é um hábito de entrar muito rapidamente.

2. Não existe um único ‘eureka!’ momento, mas todos juntos eventualmente.

Determinadas áreas do direito, especialmente contratual e extracontratual, lidar com diferentes tipos de ação humana, mas são tão semelhantes em lugares que eles, muitas vezes, ‘corra’, assim como o outro começa o NIS cadastro. Como você geralmente aprendem apenas alguns tópicos de cada vez, você pode não compreender totalmente até que você tenha coberto a próxima. É absolutamente normal sentir um pouco como se você estivesse no escuro, para começar, apesar de universidades tente organizar os cursos, de modo a que o primeiro ano de exames, pelo menos, podem estar no seus próprios. O direito penal, por exemplo, faz um bom primeiro ano de assunto porque não é fácil lidar com as idéias e não sobrepor-se muito com qualquer outra área. É apenas importante saber que se você estudar a lei de Terras antes de relações de confiança/a Equidade, não é um problema se você não entender completamente o que uma relação de confiança é porque o que virá a seguir.

3. Há uma corrida dos ratos, mas você não precisa se juntar a ele (de imediato).

Os estudantes de direito não são considerados o mais rápido fora da marca para envolver-se em aplicações e estágios, logo no início do curso de licenciatura, mas é perto de um! Mais e mais empresas de advocacia estão oferecendo estágios e provador dias durante o primeiro ano de uma universidade, é tentador pensar que você precisa para se envolver na decisão de escolha de carreira para a direita desde o primeiro dia. Se você está pensando em se tornar um advogado, vale a pena aplicar a estas se você quer estar à frente do jogo, mas o big one é o verão de férias esquemas de no final de seu penúltimo ano. Se você está pensando sobre a Barra, então, o mais mini-pupillages você tem sob o seu cinto quando você preencher o formulário de candidatura no início de seu último ano o melhor, e algumas câmaras será de esperar um certo número mínimo. No entanto, a maioria esta começa no início do segundo ano, então você não tem tempo para se estabelecer em estudo jurídico antes você precisa pensar sobre os aplicativos.